Sucesso de público e de crítica, o Annual Gathering (AG) realizado em Brasília mudou até o clima interno da Mensa Brasil. A filial brasileira da maior sociedade de alto QI ganhou um novo combustível, elevando a moral e o orgulho de seus membros. Já se pode afirmar que a Mensa Brasil está entrando em nova fase.

Na abertura, os mensans contaram com palestra de Sam Cyrous sobre o poder das histórias inteligentes. O palestrante, que é psicólogo e empreendedor, traçou um panorama de pensamentos de filósofos gregos e de teorias sobre a medição de inteligência.


O dia 8 de setembro foi dedicado a ciências e, de acordo com feedback dos associados, destacou-se como ponto alto do AG. Sob curadoria de Alexey Dodsworth, esse dia reuniu Rafael Procópio, estrela do canal Matemática Rio, no Youtube; Amanda Bendia, cientista brasileira que estuda micro-organismos que vivem em ambientes extremos na Terra; e Eli Vieira, geneticista que apresentou um panorama da inteligência e explicitou a teoria do fator G. Dentre os palestrantes mensans, este dia contou com Carlos Leite palestrando sobre utopia, distopia e entropia; com Rodrigo Sauaia, falando a respeito da tecnologia fotovoltaica; e com Thiago Salinas, que destacou a matemática como uma arte.

O dia 9 foi destacado para conteúdos de empreendedorismo. Os mensans presentes participaram da oficina de MVP preparada pela empresa Cocriatório, produzindo um Canvas de projeto apresentado no local e criando as condições de implementação do empreendimento, sob condução do facilitador André Eloy (Cocriatório).

Para finalizar, no dia 10 houve a Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária, que referendou o novo Estatuto da Mensa Brasil (havia sido aprovado no dia anterior em votação online por mais de 78% do quórum de associados) e aprovou o Regimento Interno, dentre outras pautas.